Título do Site Poesia&prosa

O que tens de diferente,tens de bonito!

Meu Diário
18/10/2018 18h23
"Vem a Noite para cumprir  o Dia!"

 

 

 

"Vem  a Noite  para cumprir  o Dia!"

 

 

Vejo  que  o Tempo está  passarndo
Logo vem a Noite para cumprir  o Dia!


Tudo é  muito mais frio estou pensando
Darei  lugar  à  muitos bons momentos !


Conclusões do eterno silencio e agonia
Desse longo cair da Noite de sentimento!

Assim as pétalas  dos momentos vividos
Nascem com  simples suspirar  do coração!


Imergindo daqueles sabores aqui  repartidos
Que nasceu  de   amor não compreendido!  

 


Publicado por Maria Augusta da Silva Caliari em 18/10/2018 às 18h23
 
18/10/2018 18h04
"Queima e arde com lampejos! "

~ It's a Colorful Life ~ : Photo

"Queima e arde com lampejos!"

 

O amor  já  chegou à  minha porta 
Por  isso, meu coração bate rapido 
Trazendo o  fogo dos  teus beijos !


Quero  agora  ir muito mais além
Apaixonada por este amor intenso 
Que queima e arde com lampejos! 


O que me faz pensar ser tua refém 


Agora e para sempre és meu bem!

 



 


Publicado por Maria Augusta da Silva Caliari em 18/10/2018 às 18h04
 
08/10/2018 10h41
"Look how the sun shines!"

Imagem relacionada

 

"Vede como o Sol  brilha!"

 

Now is she gowned completely, her face won

Já está toda vestida, sua face avançou

To a flush. Look how the sun

A um rubor. Vede como o Sol

Shines hot and how the creeper, loosed, doth strain

Brilha ardente, como se insinua e devassa, se entesa

To hit the heated pane!

P'ra atingir o vidro quente!

She is all white, all she's awaiting him.

Está toda branca, toda ela o espera.

Her eyes are bright and dim.

Seus olhos brilham sombrios.

Her hands are cold, her lips are dry, her heart

Suas mãos estão frias, seus lábios secos, seu seio

Pants like pursued hart.

Arfa qual corça perseguida!


Publicado por Maria Augusta da Silva Caliari em 08/10/2018 às 10h41
 
08/10/2018 10h21
"Em cuja canção canta a Alegria!"

 

Imagem relacionada

"In whose song joy's self sings!"

Em cuja canção canta  a alegria

Sing at her window, ye heard early wings

Cantai-lhe à janela, sonoras asas matinais

In whose song joy's self sings!

Em cuja canção canta a Alegria!

Buzz in her room along her loss of sleep,

Zuni em seu quarto enquanto se esvai seu sono,

O small flies, tumble and creep

Oh mosquinhas, tombai e rojai

Along the counterpane and on her fingers

Ao longo da coberta e em seus dedos

In mating pairs. She lingers.

Em pares unidos. Ela deixa.

Along her joined-felt legs a prophecy

Entre as pernas juntas uma profecia

Creeps like an inward hand.

Sente deslizar como mão íntima.

Look how she tarries! Tell her: fear not glee!

Vêde como ela tarda! Dizei-lhe: não tema o gozo!

Come up! Awake! Dress for undressing! Stand!

Levanta! Acorda! Veste-te para o despir-se! De pé!

Look how the sun is altogether all!

Olha como o sol é o inteiro Todo!

Life hums around her senses petalled close.

Vida te vibra junto ao claustro em pétalas dos sentidos!


Publicado por Maria Augusta da Silva Caliari em 08/10/2018 às 10h21
 
16/09/2018 00h14
"Alexandre Pires sofre de exaustão muscular!"

 

 

Resultado de imagem para imagem de alexandre pires

 

 

"Alexandre Pires sofre de exaustão muscular !"

 

Dor, ansiedade e euforia: o primeiro dia na academia, depois de um longo período de sedentarismo, é, de fato, uma mistura de sensações. Com o corpo perfeito em mente, as cargas parecem até mais leves, as séries, mais curtas e, ao final do exercício, a recompensa - uma "deliciosa" dorzinha que indica que os exercícios já começaram a fazer efeito.

Se você se identificou com essa situação, saiba que muita gente também se sente assim e, o que parecia uma simples dorzinha, pode se tornar um problema. O caso mais recente foi o do cantor Alexandre Pires, que chegou a ser internado em um hospital em Uberlândia, Minas Gerais,  com quadros de desidratação e exaustão muscular.

De acordo com a assessoria de imprensa do cantor, Alexandre estava sem fazer exercícios há algum tempo. Depois de desgastar os músculos em atividades intensas, acabou sentindo dores por vários dias e, por isso, decidiu buscar um médico.

Procurar orientação médica com a persistência da dor é o caminho certo, mas não é bem o que a maioria das pessoas fazem, segundo indica Jairo Diogenes, coordenador técnico da rede de estúdios de treinamento personalizado Fitness Together. "A ideia de que sentir dor é normal é um mito. O natural é não sentir dor, pois isso é um sinal do organismo dizendo que algo está errado."

As principais causas da exaustão são o exagero nos exercícios - tanto para quem está voltando para malhação depois de muito tempo parado, quanto para os que já estão na ativa, mas pegando pesado. "Quando treinamos demais, o corpo precisa de um tempo para se recuperar, o que chamamos de 'compensação muscular', que leva em média 48h."

Isso explica porque a maioria dos treinos elaborados pelos professores de academia alterna dois grupos musculares - para que, ainda que a pessoa vá todo dia para a academia, não sobrecarregue os músculos. "A força muscular acontece por meio de um estímulo do cérebro, que ativa as chamadas 'unidades motoras', responsáveis pelas contrações musculares. Normalmente, o corpo já está acostumado a um padrão de estímulos, utilizados em atividades normais. Quando se inicia um treino, os neurônios recrutam mais unidades motoras, por isso é preciso dar o descanso adequado para o corpo."

O ideal, segundo ele, é presentear-se com a chamada "supercompensação", que combina vários elementos. Entre eles, uma boa noite de sono, alimentação adequada e o tempo necessário para voltar a exercitar este mesmo grupo muscular.

Dorzinha ou lesão?
Apesar de a dor muscular parecer algo simples, ela pode evoluir para consequências mais graves, segundo Carlos Cezar Grecco, supervisor técnico da academia Runner. "As consequências podem variar desde dores musculares localizadas, até febre ou lesões mais sérias."

Para diferenciar uma simples dor de algo mais grave, é preciso estar atento aos sinais do corpo. "Os principais indicadores de exageros são dores musculares muito intensas após os treinos e a dificuldade da realização dos exercícios de forma correta - o popular 'roubar nos exercícios'", explica Grecco.

Diogenes lista, como fatores de atenção, o cansaço muscular e a dificuldade de locomoção, além das lesões musculares que, segundo ele, são mais difíceis de se identificar. "Normalmente, ela se confunde com a dor. Se o incômodo persistir por mais de três dias, é recomendável que a pessoa procure um médico". Segundo ele, o tratamento de um modo geral combina fisioterapia e remédios antiinflamatórios.

De volta aos trabalhos
Quem sofre uma exaustão muscular precisa ter cautela ao voltar para malhação. Segundo Grecco, na maioria dos casos, o repouso e a mudança para treinos menos intensos pode resolver o problema.

Fonte:IG


Publicado por Maria Augusta da Silva Caliari em 16/09/2018 às 00h14



Página 7 de 15 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]



Site do Escritor criado por Recanto das Letras